Top 10 || Turismo em New York 2015



    E foi dada a largada dos posts sobre a minha última viagem para New York em dezembro de 2015, e mesmo não sendo minha primeira vez, a cidade provou que uma vida inteira não é suficiente para aproveitar e curtir tudo que ela tem para oferecer. Dentre tantas opções de lugares incríveis na Big Apple, resolvi selecionar os meus 10 favoritos e que considero paradas obrigatórias durante a visita. Vamos lá:


Tem lugar mais NY que a Times Square? Estar lá traz uma sensação única, isso se deve ao mundo de luzes, ao barulho, a multidão alucinada, ao mix de lojas e restaurantes estrategicamente localizados para encantar os turistas. Todos os dias a gente acabava onde? Na Times Square claro! Uma paradinha na clássica escadaria do TKTS para aquela foto básica até perceber que lá a noite parece dia e aí chega a madrugada e você ainda se encontra perambulando pelas ruas gastando as suas doletas completamente feliz. Ah! Sempre vem na minha cabeça uma performance de Alicia Keys e Jay-Z cantando Empire State of Mind, por que será?


Esqueça toda aquela muvuca da Times Square, o Central Park é o oposto, e isso não quer dizer que os turistas e os próprios nova iorquinos não são muitos por lá, mas é um ambiente que traz tranquilidade, cercado de natureza e de belas paisagens. É possível contemplar o contraste dos modernos e altos edifícios com a paz que a natureza proporciona. Os meus pontos queridinhos por lá são a Bethesda Fountain e o Bethesda Terrace (onde foi filmado o casamento da Blair, as Gossip Girls fans entenderão) e sempre tem artistas cantando ou tocando músicas clássicas o que deixa tudo mais mágico. Para os admiradores dos Beatles vale uma passadinha no Strawberry Fields para tirar a famosa foto na homenagem a John Lennon. Em cada estação do ano você encontra o Central Park te esperando de uma maneira diferente, ou seja, tenho ótimas razões para voltar mais vezes. Tive a oportunidade de ir no outono (contei AQUI) e agora no inverno, as paisagens mudam completamente.


Sabe aquele tipo de coisa que te emociona e que você custa a acreditar que está acontecendo diante dos seus olhos? Isso acontece ao assistir um espetáculo da Broadway. Dessa vez optamos pelo Rei Leão, que é considerado um dos espetáculos mais bonitos do mundo e o mais procurado. O musical The Lion King já foi premiado várias vezes, tem duração média de duas horas e meia e acontece no Teatro Minskoff. Uma dica é se programar e comprar o ingresso com antecedência pelo site da Broadway AQUI, pois ele é muito concorrido e assim você consegue garantir lugares melhores.
Não vou contar detalhes, pois detesto spoiler, mas garanto que é INCRÍVEL, você chora, ri, enfim, é muita emocionante e vale a pena cada doleta investida. Para saber minha outra experiência, com o musical Aladdin, clique AQUIExistem muitos outros musicais super legais na Broadway e na off-Broadway, tickets promocionais estão disponíveis na TKTS (só precisa estar disposto a enfrentar longas filas para conseguir um).


Esse é aquele tipo de passeio que te faz pensar: "Sim, estou realmente em NY!". Apesar de muita gente achar que é dispensável, eu discordo completamente. Na primeira vez fomos até a coroa da estátua, mas dessa vez optamos pelo ticket que dava acesso apenas para o pedestal (já contei como faz para chegar lá AQUI). A ida até a Liberty Island é mega emocionante, além da Estátua da Liberdade, se tem uma vista incrível de Manhattan, o que rende ótimos cliques. Ainda é possível dar uma paradinha na Ellis Island antes de voltar para o Battery Park (de onde saem as balsas - Statue Cruises). Ah! Se prepare para ser muito revistado, a segurança é bem rigorosa, o que é comum em vários dos pontos turísticos da cidade.


E já dizia Frank Sinatra na sua música: 
"Heaven looks at you from the Brooklyn bridge
I love to listen to the wind through her strings
The song that she sings for the town
I love to look up at the clouds in her hair
She's learned to wear like a crown"
Nem o vento mega frio nos impediu de refazer a travessia a pé da Brooklyn Bridge, dessa vez fomos de metrô até o Brooklyn Bridge Park (de lá se tem uma das vistas mais lindas de Manhattan) e depois retornamos a pé pela ponte contemplando a beleza desse lugar que tanto amamos. É super tranquilo o percurso e existem tantos atrativos ao redor que você nem percebe a distância.


Um dos poucos lugares na cidade onde se tem tranquilidade, isso porque a maioria das pessoas que estão ali buscam descansar, tomar um café e ouvir os músicos que se apresentam no parque (no dia que fomos tinha um pianista tocando música clássica). O Washington Square Park foi batizado com esse nome em homenagem ao George Washington, além da sua fonte (desligada no inverno), se destaca pelo lindo Arco de Washington, que foi construído para celebrar o centenário de George Washington.


Na famosa 5th Avenue ou Fifth Avenue (Quinta Avenida) estão concentradas as maiores grifes do mundo, apartamentos de luxo e mansões históricas, isso a torna um símbolo de riqueza. A avenida divide as ruas do leste e do oeste de Manhattan, possui apenas um sentido e é também alvo do trânsito da Downtown de Manhattan (uma verdadeira invasão dos yellow cabs - táxis amarelos - marca registrada de NY). Estende-se desde o lado norte do Washington Square Park, atravessando a Midtown, o Upper East Side e Harlen.


O One World Trade Center é o prédio mais alto no hemisfério ocidental, com 541 m de altura. No seu topo se encontra o mais novo observatório de NY, o One World Observatory, que fica nos andares 100, 101 e 102 do prédio. Os outros famosos observatórios são o Top of the Rock e o Empire State Building (já contei minha experiência AQUI e AQUI). Localizado no sul de Manhattan, oferece uma vista panorâmica de toda a ilha, chegando aos distritos mais afastados e a Nova Jersey. Os elevadores levam os visitantes do térreo ao 102º andar em segundos, sendo que dentro deles, telões de LED, nas paredes, no piso e no teto, exibem um vídeo em time-lapse mostrando a evolução do skyline de Nova York, dos anos 1600 ao século XXI. Ao sair do elevador, os visitantes chegam ao Forever Theater, onde um vídeo de dois minutos, com imagens aéreas, time-lapse e efeitos visuais, é apresentado (um dos momentos mais emocionantes da visita, só estando lá para saber). A principal área fica no 100º andar, com um panorama de 360°. No 101º andar tem o restaurante ONE, além de um mercado e um bar com vista para o Empire State Building. O ingresso custa em média $32 (Standard Admission), compramos on line AQUI e levamos os tickets impressos.


O Grand Central Terminal é um importante terminal ferroviário e metroviário localizado em Manhattan, inaugurado em 1903. É considerada a maior estação ferroviária do mundo, com 44 plataformas, em dois níveis, com 41 linhas no nível superior e 26 no inferior. Em média, 125 mil usuários passam por ela todos os dias, ou seja, um verdadeiro formigueiro. Se destaca pela sua imponente arquitetura e para mim a visita é sempre legal porque relembro o primeiro episódio do seriado Gossip Girl, lá foi filmada a cena da chegada da personagem Serena na cidade. Dica: se bater aquela fome durante a visita ao terminal, aproveite para comer o cheeseburguer do famoso (e com razão) Shack Shake localizado na praça de alimentação.


O High Line é um parque linear de aproximadamente 2,5 km inaugurado em junho de 2009 numa via férrea suspensa de Nova York. Atualmente é uma verdadeira sensação na cidade e fica a 8 metros de altura e atravessa 3 bairros (Meatpacking, West Chelsea e Hell's Kitchen/Clinton). Além dos jardins, foram instalados bancos para leitura, descanso ou apenas para observar o ritmo de vida (agitado) dos nova-iorquinos. Foi a primeira vez que visitei e como era inverno não estava tão lotado como costuma ser no verão, então deu para curtir bastante a caminhada até o Chelsea Market, nossa próxima parada no roteiro do dia. É possível acessar o parque nas seguintes ruas: Gansevoort Street, 14th Street (elevator access), 16th Street (elevator access), 18th Street, 20th Street, 23rd Street (elevator access), 26th Street, 28th Street e 30th Street (elevator access).

Espero que tenham gostado das dicas e em breve volto com mais NY!
Procure no insta por #mundoaforacomcarol para acompanhar as minhas viagens.

Beijos, Carol Aquino

Postado por Carol Aquino - , , , , , , , , , ,

3 comentários



3 comentários

Deixe o seu comentário